LEMBRANDO O PASSADO,OS FILHOS DO PRESIDENTE E O CAOS NO GOVERNO

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) afirmou ontem, em entrevista para o Roda Viva, da TV Cultura, que “nunca houve tanta interferência de uma família dentro de um poder” como existe no governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Joice, que foi retirada da função de líder do PSL no Congresso Nacional, vem na última semana atacando a família Bolsonaro, principalmente o deputado federal Eduardo Bolsonaro.

A entrevistada declarou que concorda com uma declaração feita pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso no início deste ano, quando opinou que o governo de Bolsonaro é a “volta de um tipo de monarquia”.

“Eu não só concordo como disse a mesma coisa. Disse ao presidente, ‘Me ajude a te ajudar’. Esse tipo de fazer um puxadinho do Palácio do Planalto familiar não vai funcionar, isso não é bom para ninguém. Nunca houve tanta interferência de família dentro de um poder, nem na época do Sarney. Isso é perigoso para o país”, disse Joice no Roda Viva.

Para ela, os filhos do presidente —Carlos, Eduardo e Flávio— deveriam se afastar das redes sociais, já que têm o “ônus e o bônus” de seus respectivos cargos e família.

“Disse ao presidente, ‘Olha, está errado esse tipo de posicionamento. O senhor não pode usar seu WhatsApp para atacar pessoas públicas, ou mesmo os seus filhos porque eles têm o ônus e o bônus de ser o filho do presidente’. Quando o filho do presidente fala uma frase, o peso dela é dez vezes maior”, entende.

“Por isso eles deveriam ficar mais quietos, restritos. Deletar o Twitter deles, Instagram, Facebook, deleta tudo. Porque todas as crises que aconteceram entre o executivo e o legislativo havia uma participação direta ou indireta dos meninos. O que isso contribui para o Brasil? Eu quero que o Brasil dê certo, mas desse jeito a gente vai perdendo a esperança”, completou. (UOL)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *